Apoio à Criação do Próprio Emprego Investe Jovem IEFP

Actualizado em

Os jovens com idades entre 18 a 30 anos tem apoios à Criação do Próprio Emprego no âmbito do programa Investe Jovem – IEFP. Esta nova fase, com novas regras, teve início no passado dia 21 de Janeiro 2015 e vai até  31 de Dezembro de 2015. Saiba como funciona.

Requisitos dos candidatos

Idades compreendidas entre 18 e 30 anos.

Inscrição activa no Centro de Emprego – IEFP

Ter um projecto ou ideia de negócio

Possuir formação adequada para a concretização do projecto

Apoios não reembolsáveis (a fundo perdido)

Financiamento não reembolsável de 2.515,32€ por cada promotor que crie o seu próprio emprego a tempo inteiro, até ao máximo de 4 promotores por projecto, ou seja 10.061,28€;

Apoio financeiro reembolsável

Empréstimo sem juros,  que pode financiar até 75% do valor do investimento elegível;

Os promotores tem de assegurar com capitais próprios, pelo menos 10% do investimento;

O empréstimo só pode financiar o fundo maneio no limite máximo de 2.096,10€ e o fundo maneio tem de ser inferior a 50% do valor do investimento.

Prazos de reembolso do empréstimo

Investimento Elegível Aprovado / Prazos de reembolso

>1.048,50€ e inferior a 4.190,23€ / Carência de 6 meses; Reembolso em 18 meses

>4.190,22 e inferior a 20.962,00€ / Carência de 12 meses; Reembolso em 36 meses

>20.961,00€ e inferior a 41.922,00€ / Carência de 12 meses; Reembolso em 48 meses

As novas empresas não podem ter iniciado a actividade antes da data de pedido de financiamento. A fase de análise das candidaturas é realizada com base na apreciação de escolas de gestão e contabilidade de diversos estabelecimentos de ensino superior.

Oportunidade para Jovens sem Emprego

É uma oportunidade para jovens que estejam sem emprego, com formação e que queiram abraçar uma actividade por conta própria. Transformando uma ideia no seu próprio emprego ou através da adesão a um modelo de negócio já com provas dadas por exemplo o Franchising,  que é um modelo bastante utilizado para quem se quer lançar no mundo dos negócios e não sabe como, esta é a lista de marcas com Franchising em Portugal.

Depois de Criar a Empresa

Com a empresa constituída e o projecto aprovado no âmbito do programa Investe Jovem – IEFP, os novos empresárias tem ao seu dispor, assim como as empresas em geral, financiamentos a fundo perdido na contratação de pessoal e para pagamento da TSU à segurança social.

Passe a palavra, partilhe no facebook, twitter, e no seu blog este artigo.

Receba novos Artigos no seu e-mail

Colocar email

2 Responses

  1. Francisco Araújo diz:

    Boa tarde, estou interessado neste apoio do iefp. Só que só tenho o 12º ano concluído. Que formação é necessária ter, para poder receber o respectivo financiamento?

Leave a Reply to Francisco Araújo Cancel reply